Rugby em Portugal: Vencendo Obstáculos e Promovendo União

Em Portugal, o rugby está se tornando cada vez mais popular entre crianças e adultos. Na região do Algarve, o desejo de praticar esse esporte começou há mais de três décadas, quando, em 1992, um grupo de estudantes decidiu fundar o Algarve University Rugby Club (CRUAL) em Faro.

Eles começaram jogando nos campeonatos universitários e avançaram para o Campeonato Nacional da Federação Portuguesa de Rugby, chegando às últimas 16 equipes da Taça de Portugal. Em 2012, o clube decidiu investir em treinamento e desde então tem participado de várias competições.

Apesar do desejo de treinar e progredir ser enorme, as condições não são ideais. A falta de um campo de grama, condições básicas como eletricidade e vestiários com chuveiros para os atletas, e transporte para as competições têm sido obstáculos para o desenvolvimento da equipe. No entanto, eles não desistem e usam as dificuldades como motivação para impulsionar os atletas.

Segundo o prefeito de Lagoa, Luís Encarnação, o campo sintético do estádio Capitão Josino da Costa será reformado ainda este ano, proporcionando aos atletas todas as condições necessárias para a prática desse esporte. Como o rugby é um esporte recente em Portugal e não possui tradição, não havia instalações disponíveis em Lagoa, explicou o prefeito.

Apesar dos obstáculos, a alegria e a união brilham em Lagoa, seja treinando os jogadores mais jovens ou jogando Touch Rugby entre adultos. Respeito e disciplina são incutidos desde cedo em uma atmosfera alegre e familiar que prepara os atletas para competições em Lisboa.

No momento, cerca de 25 crianças fazem parte do centro de Lagoa, sendo a mais nova com apenas quatro anos. “No rugby, há um lugar para todos e o esforço em equipe é valorizado”, disse Dave, explicando que “se você é grande e corre devagar, é perfeito para ser forward. Se você está um pouco mais condicionado e consegue correr rápido, é perfeito para ser ponta.”

No CRUAL, há pessoas de todas as idades, nacionalidades e origens. Todos são bem-vindos e suas habilidades são valorizadas. “Sempre há um lugar para você dentro da equipe”, enfatizou o treinador das crianças.

O rugby tem uma cultura diferente de outros esportes e seus valores são visíveis até mesmo para aqueles que não conhecem as regras, pois não é um esporte incluído no programa escolar português. Os jogadores são conhecidos por seus bons modos e por respeitarem as decisões do árbitro.

“O rugby é baseado no respeito, no cumprimento das regras e no trabalho em equipe. Nós nos apoiamos mutuamente”, reconheceu Dave. Wayne também concorda que os princípios ensinados nesse esporte são diferentes dos outros. “O rugby é um jogo de arruaceiros jogado por cavalheiros. É intenso, mas todos os jogadores são respeitosos e disciplinados”, considerou.

Dave, um ex-gerente bancário britânico aposentado, e sua esposa Alison se juntaram ao CRUAL em 2018, um ano após a expansão do clube para o oeste do Algarve, e não conseguem mais imaginar suas vidas sem os membros da equipe, a quem veem como uma família. Eles sempre tiveram uma ligação com esportes no Reino Unido, especialmente com o rugby: Dave começou a jogar aos 14 anos na escola e se juntou a um clube aos 17, enquanto Alison acompanhava a equipe de seu irmão, que era capitão.

Embora tenham se afastado do rugby ao longo dos anos, a paixão nunca desapareceu e, quando Dave viu um anúncio do CRUAL no jornal, não hesitou em se juntar ao clube. Ele entrou para o clube e, dois anos depois, aos 66 anos, fez um curso de treinamento e se tornou responsável pelo ensino das crianças. “Desde que me juntei ao clube, ele está crescendo e melhorando”, afirmou Dave.

Existem muitas nacionalidades no clube, incluindo portugueses, ingleses, franceses, sul-africanos e neozelandeses, mas a comunicação nunca é um problema. O rugby é uma “linguagem universal” e ajuda a desenvolver habilidades sociais, diz Dave.

O CRUAL tem um futuro promissor, mas, por enquanto, o foco está em aumentar sua visibilidade e o número de jogadores.

Seção de Perguntas Frequentes (FAQ):

1. O que é o Algarve University Rugby Club (CRUAL)?
O CRUAL é um clube de rugby localizado na região do Algarve, em Portugal. Foi fundado por um grupo de estudantes em 1992 e tem participado de competições desde então.

2. Quais são os obstáculos enfrentados pelo CRUAL?
O clube enfrenta obstáculos como a falta de um campo de grama, condições básicas como eletricidade e vestiários com chuveiros, e transporte para competições.

3. Quando e onde será reformado o campo sintético para o CRUAL?
O campo sintético do estádio Capitão Josino da Costa será reformado ainda este ano, na cidade de Lagoa, proporcionando aos atletas as condições necessárias para a prática do esporte.

4. Quantas crianças fazem parte do centro de Lagoa atualmente?
Atualmente, cerca de 25 crianças fazem parte do centro de Lagoa, sendo a mais nova com apenas quatro anos.

5. Qual é a cultura do rugby?
O rugby tem uma cultura baseada no respeito, no cumprimento das regras e no trabalho em equipe. Os jogadores são conhecidos por seus bons modos e por respeitarem as decisões do árbitro.

6. O que é dito sobre o rugby por Dave e Wayne?
Dave e Wayne afirmam que o rugby é um jogo intensamente disputado, mas todos os jogadores são respeitosos e disciplinados. É conhecido como um “jogo de arruaceiros jogado por cavalheiros”.

7. Quais nacionalidades estão representadas no CRUAL?
No CRUAL, há pessoas de diferentes nacionalidades, incluindo portugueses, ingleses, franceses, sul-africanos e neozelandeses. A comunicação entre os jogadores nunca é um problema.

Links relacionados sugeridos:
1. Federação Portuguesa de Rugby
2. World Rugby